Especial Saúde do Homem – Infertilidade Masculina

Depois de 6 anos de casamento, o operador de áudio Calebe Pacheco e sua esposa, Keila, decidiram ter um filho. Após várias tentativas frustradas, o diagnóstico: o problema de infertilidade era dele. Calebe conta que foram identificadas varizes no testículo, chamadas de varicocele, uma das principais causas da infertilidade masculina. Informado pelo médico que uma cirurgia resolvia 90% dos casos, Calebe foi operado. Mas o problema não foi solucionado. Infelizmente, ele estava nos 10% dos casos em que a cirurgia não dá certo. Ele conta que sentiu um baque forte, no momento em que soube da infertilidade. “Quando você fica sabendo assim é um baque muito grande porque culturalmente você é ligado à questão de você poder gerar um filho, à masculinidade, virilidade. Foi um momento difícil.” Ele conta que, com o tempo e o apoio decisivo da esposa, conseguiu superar o choque inicial e hoje admite com tranqüilidade o problema. Calebe revela que sua sinceridade acaba assustando as pessoas. “As pessoas levam um baque porque parece que isso não é tão comum, os homens assumirem esse problema, mas eu falo numa boa e as pessoas assustam.” Agora, Calebe está na fila para adoção. Eles também aguardam, na fila da rede pública, o único tratamento possível: a fertilização in vitro. A previsão é que somente em 5 anos o casal consiga uma vaga para esse tratamento, pelo SUS.  Escute a matéria na íntegra na Rádio Câmara:

http://www.camara.gov.br/internet/radiocamara/default.asp?selecao=MAT&Materia=31566

 

Anúncios

E você, o que pensa sobre este assunto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s