“Hospedagem dos Inocentes”

Oi, pessoal!

No momento estou de férias em Florença, mas, a cabeça não pára. Hoje conheci o primeiro orfanato da Europa, inaugurado em 1444. Numa das partes do prédio encontrava-se a chamda “rota”, uma pedra cilíndrica rotatória onde as mães, anonimamente, poderiam deixar os filhos indesejados, tocando um sino para que os bebês fossem admitidos e cuidados no orfanato. Mais tarde, a rota foi substituída por uma janela (abaixo coloco a foto para vocês). Fiquei pensando no quanto o abandono de crianças é algo antigo e, inevitavelmente, porque isso acontece quando muitas mulheres que desejam ser mães não conseguem. Infelizmente, não temos respostas para tudo na vida… Enquanto o bebê não chega, é necessário ser forte para enfrentar a espera da melhor forma possível, pois não é nada fácil não termos o desejo atendido em nosso momento. Buscar crescer internamente com esse processo, no sentido de aprender a lidar com as frustrações, aceitando, além disso, que não se pode ter controle sobre tudo, pode ajudar bastante. Investir no relacionamento conjugal e ampliar as áreas de interesse para além do filho, também pode ser uma boa. Afinal, não precisamos desejar uma coisa de cada vez, o filho pode ser um dos desejos em meio a outros que podem ser mais acessíveis no momento. Pensem nisso!

Luciana Leis

Uma resposta em ““Hospedagem dos Inocentes”

E você, o que pensa sobre este assunto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s