“Dia dos Pais” em meio à infertilidade

Com a proximidade do “Dia dos Pais”, não posso deixar de lembrar neste blog a luta de todos os homens que, juntamente com suas companheiras, estão na batalha por um filho.

São homens que, na maioria das vezes, sofrem tanto quanto suas mulheres a dor de não conseguirem ter seu desejo por um filho atendido. Porém, costumam sofrer calados, pois se sentem responsáveis em enxugar as lágrimas de suas mulheres e, ao mesmo tempo, poupá-las de suas dores.

            Somado a isso, precisam ainda lidar com as brincadeiras de mau gosto que permeiam sobre o assunto infertilidade, muitas vezes confundido (no senso comum) com falta de virilidade ou masculinidade. Em certos momentos, até eles próprios passam a questionar sua potência, já que a gravidez não acontece e há uma cobrança pessoal pela conquista da mesma.

            Percebo, na prática clínica, que diante do sofrimento com a infertilidade demonstrado por suas esposas, muitos homens sentem-se responsáveis em conseguir dar o tão desejado filho a elas e, assim, apaziguar essa dor. Afinal, o amor tem dessas coisas; costuma buscar a felicidade do ente querido, em certos momentos, até mesmo antes que a sua.

            Para todos os homens que buscam ser pai, meus sinceros votos de que esse sonho, em breve, se torne realidade. Que vocês possam encontrar forças internas para continuar nessa luta e que a essa possa resultar em um bebê em seus colos.

Luciana Leis

Anúncios

E você, o que pensa sobre este assunto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s