Motivações para a doação de óvulos

ovodoaçãoOlá, seguidores!

Não gosto nada de ficar sem postar tanto tempo, porém, o trabalho, em certos momentos, “me engole” e quase não sobra tempo para mais nada….

Bom, hoje vou postar os resultados mais importantes de um trabalho meu- e de meus colegas do Projeto Alfa- que acabou de ser apresentado no Congresso da Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva 2013. O título da pesquisa foi: “Motivações para doar óvulos excedentes em mulheres brasileiras”.

O objetivo da pesquisa foi entender os motivos que levam mulheres com indicação para tratamento de fertilização in vitro (FIV), pensarem em doar- ou não- seus óvulos excedentes para mulheres também inférteis. Participaram do estudo 120 mulheres com idades até 34 anos (elegíveis para doação de óvulos no Brasil) e que buscavam por tratamento de FIV, sem ainda tê-lo iniciado. Foi aplicado nas pacientes um questionário sobre o assunto com perguntas abertas e fechadas.

Dentre os principais resultados percebemos que a maioria das mulheres tem a seguinte representação de seu óvulo: 38,3% o percebe como vida, 30% possibilidade de gravidez e 15%  como filho.

Com relação ao desejo de doar óvulos para outra mulher infértil, a pesquisa constatou que 88,3% das mulheres tem esse desejo. Dentre as principais motivações encontramos: 55,7% identificação com o sofrimento da receptora, 32,1% “somente vontade de ajudar outra pessoa”.
Já entre as pacientes que não desejam doar seus óvulos (11,7%), entre as principais razões constatamos: 57,1% não gostaria de saber que tem um filho seu “por aí”,  14,3% tem medo de casamento, não intencional, entre irmãos.
Não houve relação entre as motivações para doação ou não de óvulos com escolaridade e religião das participantes do estudo. A recompensa financeira seria um estímulo para 44,2% das mulheres, caso esta fosse permitida no Brasil.
Como conclusão, verificamos que o desejo de doar óvulos se relaciona à razões altruístas das mulheres, porém, percebemos que a intenção em doar óvulos, antes do procedimentos de FIV, não reflete no ato em si da doação, uma vez que temos filas com até mais de um ano para recepção de óvulos em nosso país.  A percepção do óvulo como vida e filho, para muitas dessas mulheres, pode justificar as razões para a não doação. A recompensa financeira parece ser um estímulo para doação de óvulos em  boa parte da população estudada, já que 44,2% das mulheres sentiriam-se estimuladas para doação com algum tipo de benefício financeiro.
Espero que tenham gostado!
Até mais!
Luciana Leis

E você, o que pensa sobre este assunto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s